top of page

O plantio no Sítio São José - Desafio KLM Pedale por árvores

Atualizado: 11 de abr. de 2023

O Sítio São José


Objetivo: Restauração florestal de uma área de APP – Mata Ciliar

Proprietário: José Delvarte de Souza

Endereço: Linha 156 km 5,5 lado sul – Novo Horizonte do Oeste - RO

Local de Restauração: Lote 33 e 35, Gleba 02.

Coordenada Geográficas: 20 L / Longitude 606344.14 m E / Latitude 8698272.71 m S

Área aproximada: 1,1 ha.


Introdução


O Meu Pé de Árvore e parceria com a KLM Royal Dutch Airlines, plantau mais de 1000 árvores em uma área maior que um campo de futebol, incluindo terrenos alagados e pantanosos, graças ao esforço conjunto de uma equipe dedicada e engajada de mais de 5 pessoas. Mesmo afundando até os joelhos na lama, persistimos e conseguimos plantar todas as árvores com sucesso. A preparação intensa de mais de seis meses foi crucial para o sucesso do plantio. Contamos com a experiência valiosa do nosso time técnico e dos viveiristas da ECOPORÉ e do viveiro MAReSOL, que produziram as mudas com dedicação e carinho.



Antes do plantio, fizemos o levantamento do terreno, coletamos amostras de solo para análise, registramos as espécies presentes na área e observamos a fauna local. Com base nesses dados, projetamos cuidadosamente o que e onde plantar, criando um mapa detalhado da área que separou a terra firme da área alagada, já que as espécies que suportam plenamente esses dois ambientes diferem significativamente.



No total, mais de 35 espécies diferentes de árvores foram plantadas, incluindo espécies ameaçadas como a Castanheira, Cedro-Rosa, Cerejeira, Mogno nativo e Ipê. Na área alagada, plantamos mais de 500 árvores, incluindo mais de 300 buritis, além de Açaí, Jequitibá, Copaíba, Seringueiras e o majestoso Angelim Vermelho. Na terra firme, plantamos mais de 1000 árvores, incluindo várias espécies frutíferas, como Jatobá, Bacupari, Ingá Xixica, Cacau, Ingás, Pupunha, Jenipapo e Jamelão.


Essas árvores irão atrair muitos animais, enriquecendo ainda mais a nossa floresta e dando vida a ela. A presença de animais é crucial para a saúde e o equilíbrio da floresta, pois desempenham um papel fundamental como dispersores de sementes, ajudando a trazer novas espécies de árvores que enriquecem a floresta em crescimento e criam uma nova casa para muitas espécies animais. Além disso, a presença de animais ajuda a manter o solo saudável e fértil, promovendo o crescimento de plantas e árvores. Com cada árvore plantada, estamos dando o primeiro passo na restauração da floresta amazônica e contribuindo para a preservação dessas espécies em risco de extinção. O nosso trabalho é mais do que plantar árvores, estamos construindo um futuro mais sustentável para a Amazônia.


No quadro abaixo pode se analisar a proporção das árvores plantadas de acordo com a nossa classificação e a proporção de acordo com o grau de ameaça de cada espécie.

Antes de iniciar o plantio, a equipe responsável tomou várias medidas prévias para garantir o sucesso da restauração da área. Uma delas foi isolar a área com uma cerca de mais de 300 metros de comprimento, construída com madeira certificada adquirida no comércio local, mostrando o compromisso da empresa com o uso de materiais sustentáveis e a geração de empregos locais. Além disso, foram realizadas a supressão e controle das gramíneas e a abertura de mais de 1000 covas na terra firme para as mudas.



Para o plantio, foi feita uma aula de alinhamento sobre como seria realizado, com explicação detalhada do preparo do Hidrogel e a quantidade de adubo que deveria ser colocado por cova. Na Área de Preservação Permanente (APP), foram plantadas mais de 1000 árvores nativas da floresta Amazônica em um espaçamento de 3m x 1,5m, além da adubação de base com uma formulação de NPK 04-30-16 e uma dosagem de 0,80 g/cova. Para melhorar a sobrevivência das plantinhas no período da estiagem, foi utilizado um hidrogel de plantio.


No entanto, o trabalho ainda não acabou. É necessário monitorar e controlar as formigas para evitar que elas devorem as mudas plantadas, além de fazer a roçada do mato e das gramíneas que crescem rapidamente nessa época de chuvas. E, dentro de um ou dois meses, será preciso fazer o replantio de algumas mudas que possam ter morrido naturalmente ou sido comidas por formigas.


O processo de plantio foi feito com cuidado e responsabilidade, utilizando técnicas que garantem o sucesso da restauração da área. A equipe responsável pelo plantio realizou monitoramento regular da área para avaliar o sucesso do projeto e fazer ajustes quando necessário. Tudo isso foi feito para garantir que a restauração da área seja bem-sucedida e que a floresta continue a crescer e se desenvolver por muitos anos. Acompanhe as nossas postagens, pois estaremos sempre contando aqui um novo capítulo da restauração do Sítio São José!


24 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Comments


bottom of page